"Nós não somos seres humanos tendo uma experiência espiritual. Somos seres espirituais tendo uma experiência humana"

(Teillard de Chardin)

01 agosto 2010

Os Fenômenos Paranormais do Filme Sexto Sentido


Vários fenômenos paranormais podem ser percebidos ao longo do filme. Veja as definições deles, segundo o Diccionario de Parapsicología, de Werner Bonin (Alianza Editorial).

-Clauriaudiência
Capacidade de ouvir vozes mediante mecanismos paranormais. Percepção extra-sensorial auditiva. É importante não confundi-la com alterações mentais ou psicopatológicas.
– Cole escuta: "De profundis clamo et domine" (Das profundezas eu te chamo, ó Senhor!). O menino jamais tinha lido latim ou escutado algo nesse idioma. Além disso, alguns fantasmas falam, outros se comunicam apenas por sinais.

-Poltergeist
Movimentos e deslocamento de objetos de forma anômala.
– Enquanto o menino toma café da manhã na cozinha, sozinho, sua mãe descobre que, em poucos segundos, quase todos as gavetas e portas do armário estavam abertas, sem provocar o menor ruído.

-Aparições
Percepção visual de um fantasma, muitas vezes acompanhada de sensações táteis e auditivas.
– Todas as cenas em que Cole vê os mortos são exemplos claros de aparições. Fica claro que eles não sabem que morreram, exceto a menina que lhe entrega a fita de vídeo que mostra sua própria morte.

-Psicofotografias
Efeitos anômalos em fotografias e filmes.
– A mãe de Cole nota que em todas as fotos penduradas na parede surgem pequenas luzes próximas da criança, como vagalumes.

-Psicografias
Escritos que se obtêm de um médium – normalmente em transe – proveniente de entidades desencarnadas.
– A mãe de Cole também percebe que seu filho guardava textos com sua letra, dizendo: "Calem o maldito bebê ou o corto em pedaços".

-Retrocognição
Percepção extra-sensorial de eventos que ocorreram no passado.
– Na escola, o menino diz a seu professor que o prédio da escola não foi um tribunal de justiça, como todos pensam, mas o local em que se enforcavam os réus, no século 16.

-Telepatia
Transferência de pensamentos entre duas ou mais pessoas.
– Na seqüência da mesma cena, Cole diz a seu professor – aos gritos – como seus colegas de escola zombavam dele, chamando-o "o gago Stanley". O efeito emocional que essa declaração provoca é tamanho que o professor começa a gaguejar.

-Psicometria
Percepção paranormal, visual ou auditiva, utilizando um objeto como indutor.
– Pode-se interpretar a cena em que Cole vê os enforcados de sua escola como uma percepção extra-sensorial das antigas execuções realizadas no prédio.

-Paratermogênese
Queda ou aumento brusco da temperatura por mecanismos paranormais.
– Cole vai ao banheiro, à noite, e o termômetro mostra uma queda súbita da temperatura, sempre que os fantasmas aparecem.

-Psicofonia
Captação de vozes ou sons de origem paranormal em equipamentos eletromagnéticos.
– O psicólogo aumenta o volume de seu gravador e descobre um diálogo – quase imperceptível – entre duas pessoas que não estavam presentes quando ele conversava com seu paciente.

-Clarividência
Percepção extra-sensorial de um evento ou um lugar distante.
– Cole confessa à mãe que a avó tinha presenciado secretamente a filha no dia em que ela estreou no teatro. A mãe do menino jamais soube disso, mas isso a convence de um contato espiritual legítimo entre Cole e a avó.

-Ataques Espirituais
Golpes, feridas ou lesões produzidas por ação violenta de seres desencarnados.
– Cole é atacado por um dos fantasmas agressores, quando dois colegas de escola o trancam durante a festa de aniversário.

-Aporte
Aparição ou desaparecimento paranormal de um objeto.
– A mãe de Cole não encontra um pendente que a avó lhe havia deixado e acusa o menino de tê-lo feito desaparecer.

-Psi em Animais
Percepção extra-sensorial em animais.
(extraído de texto de Alejandro Parra)